A Finergyoferece, como suporte aosseus clientes, consultoria para atividades de estruturação, organização e sindicação de financiamentos através de projectfinancing ou financiamentos de médio/longo prazo.


Finalidades

  • realizaçãoou aquisição de centrais para a produção de energia renovável ou convencional
  • aquisição de empresas ou unidades empresariais de produção de energia (IPP), utilities locais ou regionais, empresas de serviços para o setor energético (O&M, asset management), produção de equipamentos e componentes para a produção de energia, Escos
  • desenvolvimento de projetos infraestruturais (upstream -petróleo e gás, redes de gás, terminais GNL, redes de distribuição de combustíveis, etc.)
  • realização ou aquisição de plataformas ambientais (centrais de depuração e recuperação de água, tratamento e recuperação de resíduos, wastetoenergy)

Atividades

No decorrer de um processo deestruturação de um financiamento, através de projectfinancing ou por dívida, o cliente será assessorado em uma ampla série de atividades:

  • análise das exigências financeiras e da estrutura de financiamento adequada
  • identificaçãoe seleção dos financiadores
  • predisposição de planos econômicos e financeiros de base, deanálises de sensibilidade e do pacote de informações para o bancoou os investidores
  • assistência durante a negociação dos termos, condições e garantias do financiamento e apoio para a seleção da melhor oferta
  • definição, em coordenação com os outros profissionais envolvidos, dos contratos de financiamento até o efetivo pagamento

Reestruturação

Para fornecer um serviço sempre melhor aos nossos clientes, assessoramos com eficácia e sucessodurante o reescalonamento e a renegociação de dívida contraída. A Finergyfornece assistência aos seus clientespara a definição e a realização de operações voltadas a restabelecer situações financeiras equilibradas.

Em particular, após a entrada em vigor da Lei 116/2014 (denominada “spalmaincentivi”), a Finergyrealizou para o banco IntesaSanpaoloa remodulação do plano de reembolso demais de 40 centraissolares fotovoltaicas, que passavam por um período de dificuldades financeiras após a redução das tarifas com a aplicação da Feed In Tariff com Conto Energia.